Angerer vence Prémio de Melhor Jogadora Feminina da UEFA na Europa

A guarda-redes alemã Nadine Angerer ganhou a edição inaugural do Prémio de Melhor Jogadora Feminina da UEFA na Europa, relativo a 2012/13.

Angerer, de 34 anos, venceu a votação levada a cabo por 18 jornalistas, recebendo dez votos, contra seis da centro-campista e compatriota, Lena Goessling. A fechar o pódio surge a avançada sueca Lotta Schelin, com dois votos.

A capitã da selecção alemã, que conquistou o UEFA Women's EURO 2013, já tinha sido distinguida este Verão, sendo eleita Jogadora do Torneio pela Equipa Técnica da UEFA.

"Obrigado", disse. "Estou muito surpreendida. Não pensava que pudesse ganhar, mas estou encantada por isso ter acontecido. Gostaria de agradecer às pessoas que votaram em mim e especialmente a Silvia Neid [treinadora da Alemanha], que manteve a confiança em mim quando atravessava um mau momento no Frankfurt, após lesão. Estou-lhe muito grata por isso."

Angerer recebeu o prémio das mãos do Presidente da UEFA, Michael Platini, e do treinador do Arsenal FC, Arsène Wenger, em Nyon. Wenger disse: "Estou muito surpreendido com a rapidez com que o futebol feminino se espalhou pelo continente, sendo agora bastante conhecido."

Refira-se que, para este prémio, as jogadoras foram avaliadas com base no seu desempenho em 2012/13, ao serviço de clube e selecção, a nível nacional e internacional.

Últimas notícias