Luto pela morte de presidente da Federação de Futebol do Kosovo

Fadil Vokrri, presidente da Federação de Futebol do Kosovo (FFK), figura de relevo com papel fundamental na admissão do Kosovo como membro da UEFA, faleceu aos 57 anos.

©FFK

O futebol no Kosovo e na Europa está de luto pela morte de Fadil Vokrri, presidente da Federação de Futebol do Kosovo (FFK), aos 57 anos.

Com uma carreira de sucesso como jogador, Fadil Vokrri teve papel fundamental no progresso e desenvolvimento do futebol no Kosovo, que culminou com a admissão da federação como 55º membro da UEFA em 2016.

"Estamos chocados e profundamente tristes com a notícia do falecimento de Fadil Vokrri", lamentou o Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin.

"Foi um excelente futebolista, com uma carreira notável, depois tornou-se dirigente e foi presidente de federação nacional ao mais alto nível. Fadil foi figura fundamental no desenvolvimento do futebol do Kosovo que permitiu que a Federação de Futebol do Kosovo se torna-se membro da UEFA em 2016. Desde então, conduziu a integração da federação na UEFA com grande habilidade e empenho”.

"Em nome do futebol europeu, queria manifestar as minhas profundas condolências à família, à Federação do Futebol do Kosovo e a toda a comunidade futebolística do Kosovo”.

Nascido em 23 de Julho de 1960 em Podujevo, uma cidade 35 quilómetros a sul de Pristina, a capital do Kosovo, Fadil Vokrri iniciou a carreira no clube da cidade natal, o KF Llapi, e é considerado o melhor jogador da história do futebol do Kosovo.

O avançado destacou-se ao serviço do FC Prishtina no início da década de 1980, desempenhando um papel fundamental na subida do clube à primeira divisão da Jugoslávia.

Posteriormente assinou pelo FK Partizan (na altura da Jugoslávia, agora Sérvia), antes emigrar para a Turquia, onde representou o Fenerbahçe SK. Teve ainda uma curta passagem por França como jogador e treinador.

Fadil Vokrri representou a Jugoslávia entre 1984 a 1987, somando seis golos em 12 internacionalizações.

Transportou a bandeira na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de 1984, em Sarajevo,, e em 1987 ele foi eleito o Jogador do Ano da Jugoslávia.

Tornou-se presidente da Federação de Futebol do Kosovo em 2008 e foi reeleito duas vezes, em 2012 e 2016. Em Maio de 2016, depois de Fadil Vokrri iniciar o terceiro mandato como presidente da FFK, o Kosovo foi admitido como membro da UEFA no Congresso Ordinário da UEFA em Budapeste.

Topo