Inglaterra de luto pela morte do antigo capitão Ray Wilkins

Ray Wilkins, antigo médio de Chelsea, Manchester United, Milan e da selecção de Inglaterra, morreu aos 61 anos.

Ray Wilkins a jogar por Inglaterra no Campeonato do Mundo de 1986
Ray Wilkins a jogar por Inglaterra no Campeonato do Mundo de 1986 ©Getty Images

Ray Wilkins, antigo médio de Chelsea, Manchester United, Milan e da selecção de Inglaterra, faleceu aos 61 anos vítima de ataque cardíaco.

Depois da estreia como sénior no Chelsea, Wilkins mudou-se depois para Old Trafford e conquistou a Taça de Inglaterra em 1982/83. Brilhou ao serviço do United nas competições europeias e emigrou em 1984 para jogar por três anos no Milan. Em 1987 teve uma breve passagem pelo Paris Saint-Germain, antes de assinar pelo Rangers. Conquistou o único título de campeão da carreira no clube de Glasgow, em 1988/89, época em que também conquistou a Taça da Escócia. Somou 84 internacionalizações por Inglaterra, dez como capitão, com destaque para as participações no Campeonato da Europa da UEFA de 1980 e  Campeonato do Mundo da FIFA de 1982 e 1986.

Wilkins continuou a jogar em Inglaterra e na Escócia até os 40 anos, tendo representado o Queens Park Rangers como jogador-treinador entre 1994 e 1996, antes de assumir o comando do Fulham. Regressou mais tarde ao Chelsea como adjunto de Gianluca Vialli, Luiz Felipe Scolari e Carlo Ancelotti e fez parte da equipa técnica que conseguiu a “dobradinha” em 2009/10.

Topo