Comité de Arbitragem

O Comité de Arbitragem é composto por um presidente, um presidente-adjunto e o número de vice-presidentes e/ou membros ordinários considerados necessários para que o comité funcione adequadamente.

O Comité de Arbitragem da UEFA nomeia um Dirigente Máximo de Arbitragem, que preside ao comité, e quatro Dirigentes de Arbitragem, um dos quais é o presidente adjunto do comité.

Os Dirigentes de Arbitragem são membros do Comité de Arbitragem e as suas principais responsabilidades são:

a) estabelecer a estratégia técnica para a arbitragem na Europa;
b) nomear árbitros, árbitros-assistentes e observadores de árbitros para as competições da UEFA, estabelecer directrizes para nomeações e avaliações, e monitorizar desempenhos;
c) classificar árbitros internacionais nas categorias existentes da UEFA, com actualizações pelo menos uma vez por ano;
d) estabelecer tópicos de desenvolvimento e conduzir programas de formação para instruir e formar árbitros, árbitros-assistentes, árbitros de futsal, instrutores de árbitros e observadores de árbitros, por forma a garantir a aplicação correcta, uniforme e consistente das Leis do Jogo;
e) desenvolver a arbitragem nas federações-membro da UEFA através da implementação da Convenção sobre Formação e Organização de Árbitros da UEFA (daqui em diante designada Convenção de Árbitros da UEFA).

O Comité de Arbitragem:
a) assiste os responsáveis da arbitragem na nomeação de árbitros para as competições da UEFA e na avaliação e ranking dos árbitros e dos observadores de árbitros;
b) participa em programas de desenvolvimento para instruir e educar árbitros, árbitros-assistentes, árbitros de futsal, instrutores e observadores de árbitros, de modo a assegurar a aplicação correcta, uniforme e consistente das Leis de Jogo;
c) identifica e apoia árbitros internacionais promissores;
d) assiste os Dirigentes de Arbitragem no desenvolvimento da arbitragem nas federações-membro da UEFA, através da implementação da Convenção de Arbitragem da UEFA;
f) estuda propostas do Painel de Convenção de Árbitros;
g) estuda alterações propostas às Leis de Jogo;
h) propõe membros para a lista de instrutores de árbitros, observadores e Painel de Convenção de Árbitros.

O Comité de Arbitragem é apoiado no seu trabalho pelos instrutores de árbitros, os observadores de árbitros e o Painel de Convenção de Árbitros.