Administração

Sob a direcção do Secretário-Geral Theodore Theodoridis a administração da UEFA leva a efeito a gestão dos assuntos do organismo.

As suas funções incluem a implementação das decisões tomadas em todos os Congresso da UEFA, no Comité Executivo e pelo Presidente; a preparação de congressos e conferências, assim como das reuniões do Comité Executivo da UEFA e dos outros comités; faz resumos dos congressos e conferências; executa as operações da UEFA; guardam os registos do organismo e efectuam os trabalhos de relações públicas.

A administração da UEFA está sediada na Casa do Futebol Europeu, em Nyon, na Suíça, que foi inaugurada a 22 de Setembro de 1999 e aberta oficialmente para funcionamento a 5 de Outubro de 1999. Anteriormente, a UEFA havia conhecido diversas casa: Paris, até 1959, Berna, capital federal da Suíça (até 1995, com duas passagens prévias pela cidade, em 1962 e 1974) e uns escritórios provisórios em Nyon, entre 1995 e Setembro de 1999.

Desde final de Março de 2017, 466 colaboradores – administradores, advogados, secretários, treinadores, especialistas de media e tecnologias, e ainda tradutores – trabalham no campus administrativo da UEFA.

Em Outubro de 2010, um novo edifício administrativo da UEFA foi inaugurado em Nyon. O edifício La Clairière está localizado no lado oposto à Casa do Futebol Europeu e permite à UEFA juntar alguns dos seus funcionários que estavam espalhados por sítios diferentes. De forma circular, o novo edifício de quatro pisos vai de encontro aos mais elevados padrões ecológicos e ambientais e irá acolher cerca de 230 funcionários. A primeira pedra da estrutura foi colocada em Janeiro de 2009.

Um terceiro edifício da UEFA, Bois-Bougy, igualmente construído com as questões ambientais em mente, abriu portas em Março de 2012.

Em Abril de 2010, a UEFA sublinhou o seu empenho para com a sua terra natal de Nyon e o desenvolvimento do futebol europeu ao assumir a gestão do Centro Desportivo Colovray, situado em frente à sede da UEFA. O estádio inclui um relvado principal – que tem sido utilizado para treinos por clubes e selecções nacionais de renome -, uma pista de atletismo e um restaurante.

A UEFA utiliza o complexo Colovray para os seus próprios eventos, tendo ainda aí estabelecido o Centro de Excelência para Árbitros (CORE).