O "site" oficial do futebol europeu

Competições

Competições
Os troféus das provas de clubes da UEFA - UEFA Champions League, SuperTaça Europeia da UEFA e UEFA Europa League ©UEFA
Publicado: quinta-feira, 2 de Janeiro de 2014, 11.53CET

Ao longo de seis décadas, as competições da UEFA encantaram espectadores, produziram um catálogo de jogos e golos memoráveis, sublinharam o brilho e o talento de incontáveis futebolistas, homens e mulheres, e provaram vezes sem conta as razões pelas quais o futebol é o desporto mais popular do mundo.

A UEFA organiza 15 competições de futebol, desde os torneios de elite como o Campeonato da Europa ou as melhores competições de clubes, passando pelas provas destinadas aos jogadores jovens e amadores, sem esquecer as competições de futsal e os promissores torneios para mulheres, das mais velhas às mais jovens.

O Campeonato da Europa está entre os maiores espectáculos desportivos a nível mundial, lado a lado com o Campeonato do Mundo e os Jogos Olímpicos. Na fase final, disputada de quatro em quatro anos, e a partir de 2016 com 24 equipas, podem ver-se muitos dos melhores jogadores da Europa, numa celebração brilhante do futebol de selecções e das entidades nacionais deste desporto.

Uma nova competição de selecções vai arrancar em Setembro de 2018. A UEFA Nations League reflecte o desejo da UEFA e das suas 55 federações membro em  melhorar a qualidade e notoriedade das competições de selecções em toda a Europa.

As duas principais competições de clubes da UEFA, a UEFA Champions League e a UEFA Europa League, não são apenas irresistíveis para os adeptos, são igualmente muito atractivas em termos comerciais. O troféu da Champions League é o que todos os melhores jogadores mundiais querem conquistar, já que a competição se tornou no espectáculo mais prestigiado a nível global. A Europa League, por sua vez, criou impacto em poucos anos, consequência da sua diversidade e disseminação geográfica dos clubes.

A SuperTaça Europeia coloca em confronto os vencedores das duas principais competições de clubes da época anterior, num duelo que coroa o início da nova temporada todos os anos.

Muitos dos jogadores das selecções que competem no Campeonato da Europa de Sub-21 já tiveram a oportunidade de ganhar experiência nas competições de clubes da UEFA, e alguns deles acabam mesmo por ficar na iminência de serem incluídos nas selecções seniores. Esta competição ganhou lugar nas preferências dos adeptos por mérito próprio.

As estrelas do futuro estão prontas para serem descobertas nas competições masculinas destinadas aos escalões de formação, tais como o Campeonato da Europa de Sub-19 e o Campeonato da Europa de Sub-17. A competição de Sub-19 já revelou vários jogadores que passaram a figurar sob as luzes da ribalta nos anos seguintes, enquanto o evento de Sub-17 oferece aos espectadores uma primeira exibição de talento por parte dos jovens futebolistas.

A UEFA ofereceu também aos jovens jogadores uma nova iniciativa que lhes permite brilhar, através do lançamento da UEFA Youth League, em 2013/14. Nas duas primeiras edições experimentais da competição, o acesso à prova foi reservado às equipas jovens dos 32 clubes participantes na fase de grupos da UEFA Champions League. A partir de 2015/16, a UEFA Youth League tornou-se uma competição permanente da UEFA e foi a 64 equipas, o que permitiu a inclusão dos campeões nacionais de futebol jovem.

O portfólio de competições da UEFA não esquece os jogadores amadores. A Taça das Regiões da UEFA coloca em campo equipas regionais compostas por jogadores que esperam pela oportunidade de actuar a nível europeu.

O futsal é, hoje, um novo e bem-sucedido sector do futebol, com identidade própria e muito clara. O Futsal EURO para selecções nacionais, cuja fase final é disputada de dois em dois anos, consegue agora atrair um número recorde de espectadores nos jogos da fase final, bem como ao nível da cobertura mediática e dos interesses comerciais. E a Taça UEFA de Futsal para clubes ganha cada vez mais importância, dado que o futsal não pára de crescer enquanto desporto desde a sua introdução como nova modalidade, pela FIFA, em 1988.

O futebol feminino está também a transformar-se numa fantástica história de sucesso, e o trabalho da UEFA neste sector está igualmente a dar frutos, pois o futebol feminino ganha cada vez maior dimensão enquanto espectáculo desportivo e atractivo de público. De quatro em quatro anos, as melhores jogadoras europeias buscam o caminho da glória na fase final do Campeonato da Europa Feminino, competição na qual várias jogadoras transformam-se em atletas famosas, e referências de qualidade para o futebol feminino de selecções que cresce em cada edição.

As melhores jogadoras e muitas das jovens mais promissoras também deixam marca a nível de clubes em cada temporada na UEFA Women's Champions League, cuja final reverte-se de carácter especial, já que se disputa durante a mesma cidade da final masculina da UEFA Champions League.

Mais e mais raparigas estão a ser atraídas para a prática do futebol, e aquelas que mais se destacam trilham o caminho nas respectivas selecções nacionais jovens para, potencialmente, participarem no Campeonato da Europa Feminino de Sub-19 e no Campeonato da Europa Feminino de Sub-17. Cada edição destas duas provas contribui para a evolução em termos tácticos e técnicos, projectando para as luzes da ribalta aquelas que se tornarão as melhores jogadoras no futuro, e constituindo uma referência importante para o desenvolvimento das jogadoras mais jovens.

Última actualização: 15-10-17 20.18CET

Calendário