O "site" oficial do futebol europeu

Espanha soma segundo título consecutivo

A Espanha mostrou eficácia e qualidade e renovou o título no Campeonato da Europa de Futsal, disputado em Portugal.
Espanha soma segundo título consecutivo
Spain celebrate ©Sportsfile
 

Espanha soma segundo título consecutivo

A Espanha mostrou eficácia e qualidade e renovou o título no Campeonato da Europa de Futsal, disputado em Portugal.

A Espanha mostrou eficácia e qualidade e renovou o título no Campeonato da Europa de Futsal, disputado em Portugal.

As grandes potências da modalidade, como Espanha, Itália, Rússia e Ucrânia, marcaram presença na prova disputada nos arredores do Porto, mas a principal sensação entre os finalistas foi a Roménia, que só começou a praticar este desporto em 2003. De facto, os romenos apenas souberam que se tinham qualificado para a fase final quando, na viagem de regresso da Eslovénia, tiveram conhecimento que a Bélgica vencera aquela selecção, resultado que serviu os propósitos da Roménia.

No entanto, coube à Espanha conquistar o título em Portugal, num Europeu que liderou as audiências televisivas no país anfitrião. Todavia, os espanhóis encontraram algumas dificuldades pelo caminho, tendo necessitado de dois golos nos instantes finais e de um desempate por grandes penalidades para afastarem Portugal nas meias-finais. No encontro decisivo, frente à Itália, o triunfo revelou-se mais fácil e os espanhóis repetiram o triunfo da final do Campeonato do Mundo de 2004, quando bateram os italianos por 2-1.

A Itália provara o seu valor na ronda anterior, ao triunfar por 2-0 sobre a Rússia, finalista vencida de 2005, num embate que estabeleceu novos padrões defensivos no futsal. Os italianos golearam a Roménia por 7-1, equipa que mostrara o seu valor ao derrotar a República Checa por 8-4. Talvez a verdadeira surpresa tenha sido a Sérvia que, depois de uma pausa na modalidade, garantiu o apuramento e assustou a Rússia, empatou a um golo com a Espanha e derrotou a Ucrânia, por 3-2. Predrag Rajić terminou a prova como um dos melhores marcadores da prova, a par do espanhol Daniel e do brasileiro naturalizado russo, Cirilo, mas a maior estrela dos sérvios foi o talentoso Marko Perić, de 23 anos. A Sérvia espera voltar à fase final em 2009, cuja fase final passará a ter 12 equipas e decorrerá na Hungria.

http://pt.uefa.com/futsaleuro/history/season=2007/index.html#espanha+soma+segundo+titulo+consecutivo