O "site" oficial do futebol europeu

2005: Luis Amado

Ao longo da última década, Luis Amado ganhou o estatuto de mestre na arte de ser guarda-redes de futsal.
por Paul Saffer
2005: Luis Amado
Luis Amado ao serviço da selecção espanhola ©Sportsfile

2005: Luis Amado

Ao longo da última década, Luis Amado ganhou o estatuto de mestre na arte de ser guarda-redes de futsal.

Ao longo da última década, Luis Amado ganhou o estatuto de mestre na arte de ser guarda-redes de futsal. Chegou ao Campeonato da Europa de 2005 com as expectativas particularmente altas e não desiludiu.

Amado chegou à selecção da Espanha a tempo da fase final de 1999, que perdeu para a Rússia no encontro decisivo decidido por penalties, tendo feito parte da equipa que ganhou o Mundial de 2000, realizado na Guatemala. Conquistado o título europeu em 2001, os espanhóis entraram, três anos depois, no Mundial com enormes ambições. Amado esteve soberbo nas meias-finais – vitória nos penalties sobre o Brasil – e também na final, em que a Espanha ganhou, por 2-1, à Itália, campeã europeia no ano anterior. Dois meses depois dessa vitória, a Espanha lutou em Ostrava pelo título europeu e Amado tinha uma reputação a defender e um troféu a reconquistar.

Concretizou os dois objectivos. A Espanha passou facilmente a fase de grupos e, nas meias-finais, Amado não sofreu golos no triunfo sobre a Ucrânia, por 5-0. Na final, sofreu apenas um no triunfo sobre a Rússia, por 2-1. Amado e a Espanha conservaram o título em 2007 e chegaram à final do Mundial de 2008. Juntamente com Daniel e Schumacher, companheiros de equipa no Interviú Madrid, Amado somou três títulos na Taça UEFA de Futsal, para além de seis campeonatos espanhóis e sete Taças de Espanha.

Última actualização: 23-09-14 14.40CET

http://pt.uefa.com/futsaleuro/history/season=2005/goldenplayer/index.html#2005+luis+amado