Amigáveis 2010-12 - 29-02-2012 - 20:45CET (20:45 Hora local) - Stadio Luigi Ferraris - Génova
0-1
 

Itália - EUA 0-1 - 29-02-2012 - Página do jogo - Amigáveis 2010-12 2012

O "site" oficial do futebol europeu

Dempsey leva Itália à derrota

Publicado: Quarta-feira, 29 de Fevereiro de 2012, 22.55CET
Itália 0-1 Estados Unidos
Clint Dempsey apontou o único golo do encontro, com a equipa de Cesare Prandelli a sofrer o terceiro desaire em cinco jogos particulares.
por Richard Aikman
de Stadio Luigi Ferraris
Dempsey leva Itália à derrota
O italiano Thiago Motta (à esquerda) tenta proteger a bola do norte-americano Michael Bradley ©Getty Images

Internacionalizações

Publicado: Quarta-feira, 29 de Fevereiro de 2012, 22.55CET

Dempsey leva Itália à derrota

Itália 0-1 Estados Unidos
Clint Dempsey apontou o único golo do encontro, com a equipa de Cesare Prandelli a sofrer o terceiro desaire em cinco jogos particulares.

A preparação de Itália para o UEFA EURO 2012 sofreu mais um revés, com Cesare Prandelli a fazer várias experiências e a não evitar o primeiro desaire frente aos Estados Unidos.

Um golo solitário de Clint Dempsey, aos dez minutos da segunda parte, acabou por ser decisivo, com a equipa da casa a sentir dificuldades para superar a determinação dos norte-americanos. Os campeões do Mundo de 2006 sofreram a segunda derrota seguida, pois já tinham sido batidos pelo Uruguai, por 2-1, em Novembro.

A Itália entrou bem no encontro, com Tim Howard a ser obrigado a sair da baliza nos primeiros minutos para evitar jogadas de perigo de Alessandro Matri e de Sebastian Giovinco. Aos seis minutos, o guarda-redes do Everton FC fez uma defesa soberba por instinto para evitar uma tentativa de Thiago Motta, que apareceu a rematar no coração da área após um raide pela direita de Christian Maggio.

Os Estados Unidos eram pouco ameaçadores, merecendo apenas destaque um remate de Brek Shea aos 11 minutos, que levou a bola a passar ao lado do alvo. Jürgen Klinsmann apostou numa táctica de 4-1-4-1 que travou os italianos e a primeira parte só merece destaque por alguns momentos de brilhantismo de Giovinco, que testou a atenção de Howard a meio do primeiro tempo.

Domenico Criscito, aos 37 minutos, e Motta, quase sobre o intervalo, também tentaram a sorte de longa distância, mas Howard voltou a defender sem dificuldade. Na outra baliza, Dempsey aqueceu as mãos de Gianluigi Buffon na cobrança de um livre.

Os norte-americanos ganharam vantagem contra a corrente do jogo, quando Dempsey aproveitou uma falha da defesa italiana. O jogador do Fulham FC capitalizou o facto de Andrea Barzagli não ter conseguido controlar um passe comprido e bateu Buffon com um remate rasteiro a 20 metros da baliza.

Prandelli respondeu com o lançamento no jogo de Giampaolo Pazzini e de Fabio Borini e os dois criaram uma boa jogada que foi concluída pelo atacante da AS Roma, mas Howard voltou a defender. Pazzini cabeceou por cima depois de receber um passe de Riccardo Montolivo, que foi seu colega nos escalões de formação da Atalanta BC.

A equipa de Klinsmann foi obrigada a recuar ainda mais e Howard teve de voltar a estar ao seu melhor nível para negar o golo a Ignazio Abate e a Borini, que tinha trabalhado bem para ganhar espaço para o remate. Num final de encontro frenético, Giorgio Chiellini cabeceou por alto e Montolivo levou a bola a passar a rasar o poste, mas os visitantes não deixaram fugir a vitória.

Última actualização: 16-04-12 8.03CET

http://pt.uefa.com/friendlies/season=2012/matches/round=2000293/match=2009364/postmatch/report/index.html#eua+batem+italia